Cassol comemora a destinação de aparelho de ressonância magnética para Vilhena e Cone Sul

  • Imprimir
  • Relatar um erro
  • A+ Aumentar a fonte
  • A- Diminuir a fonte

Uma excelente notícia para quem mora em Vilhena e nos municípios do Cone Sul do Estado, que incluem as cidades de Chupinguaia, Colorado do Oeste, Cerejeiras, Cabixi e Pimenteiras do Oeste. O senador Ivo Cassol, licenciado (Progressistas-RO), anunciou nesta terça-feira (24), que os pacientes dessa região vão receber um aparelho de Ressonância Magnética de alta complexidade. A compra do equipamento, que custa em média de R$ 2 a R$3,5 milhões de reais, foi confirmada pelo ministro da Saúde, Gilberto Occhi e pelo Secretário de Ciência,Tecnologia e Insumos Estratégicos, Marco Antonio de Araújo Fireman, em audiência com o senador Ivo Cassol.

Hoje os pacientes atendidos na rede pública desses municípios precisam se deslocar para Cacoal ou Porto Velho, a mais de 700 quilômetros de distância, para conseguir fazer o exame. Outra opção é realizar o procedimento em clínicas particulares com valores altos, o que é muito difícil, principalmente, para a população mais carente, já que o custo do exame chega a mais de R$1 mil reais.

“Hoje, dia 24 de julho, é o aniversário do ministro da saúde, Gilberto Occhi, mas quem ganha presente é o povo de Vilhena e o Cone Sul. Assim que passar o período eleitoral, a prefeitura de Vilhena receberá os recursos para a compra do aparelho. Com isso vamos diminuir custos, despesas e evitar sacrifícios para os pacientes que precisavam se deslocar a grande distância. É uma ótima notícia porque vai diminuir o tempo de espera dos pacientes que precisam de um diagnóstico rápido, comemorou Cassol.